top of page
  • iparcomunicacao

Feira no Paraguai abre oportunidade de negócios para empresas do Agro

País vizinho está apostando forte na tecnologia já consolidada no Brasil e tem “bala na agulha” para investir em equipamentos

 

Enquanto a desconfiança econômica assombra o produtor rural brasileiro, do “lado de lá” da fronteira o cenário é outro. Com uma abertura de mercado talvez nunca vista, o Paraguai parece disposto a alargar suas fronteiras no que diz respeito a tecnologia no campo e implementos agrícolas.

 

Para quem conhece o setor, a sinalização dos paraguaios vem em um momento bastante importante, quando o Brasil ainda observa para qual lado a economia local navegará, e mesmo que exista a possibilidades de melhoras após um ano no mínimo desafiador, a recuperação ainda é morosa. “Eles realmente estão dispostos a receber nossas tecnologias e equipamentos que já deram certo no Brasil, sobretudo no Oeste do Paraná, já que o clima é bastante parecido, e temos a vantagem de estarmos perto”, explica Ismael Golin, Diretor de Vendas da IPAR Implementos Agrícolas, cuja fábrica fica em Cascavel, Oeste Paranaense, pouco mais de 180 quilômetros de distância de Alto Paraná, no Paraguai, hoje uma das mais produtivas regiões de grãos daquele País.

 

Expansão para o Cone Sul

Entre os dias 27 de abril e 5 de maio, a cidade paraguaia de Santa Rita, localizada a 70 quilômetros da fronteira com Foz do Iguaçu, receberá grande público para a jornada inaugural da Expo Santa Rita, maior feira agropecuária do interior do Paraguai. Segundo a organização, já estão confirmados mais de 400 expositores. A feira ainda contará com diversas atrações, como shows de cantores famosos. “Estaremos lá a convite da organização. Isso mostra o respeito que eles tem por nossos produtos, pela qualidade e pela durabilidade. Isso nos acende o alerta em expansão para o cone sul do continente, em um momento que a agrucultura tem ganhado ainda mais força nos países desse eixo”, comenta Golin.

 

Crescimento a mil

Segundo as últimas projeções do boletim de Produção Agrícola Mundial (WAP) do USDA, publicadas no começo de abril, a produção de soja no Paraguai para a Safra 2023/24 está estimada em 10,5 milhões de toneladas. Esse resultado representa um aumento de 2% em relação ao mês anterior e de 4% em comparação com a safra anterior, consolidando a posição do país como um importante player no mercado global de soja.

“Esse cenário bastante positivo, atrelado a confiança em bons produtos que podemos oferecer, coloca as indústrias sérias do Brasil como a bola da vez para negócios duradouros com os paraguaios. Isso nos anima muito”, confessa Ismael.

 

Sobre a IPAR

A IPAR Máquinas Agrícolas é uma empresa paranaense de implementos cuja missão é fornecer produtos confiáveis para o produtor rural, aliando durabilidade com o ótimo suporte técnico, que coloca a empresa hoje como uma das mais promissoras do mercado, em seu segundo ano de existência. Conheça mais sobre a empresa em suas redes sociais e site oficial.



Rodrigo Leôncio e Ismael Golin: parceria com os paraguaios estão rendendo frutos.

Crédito: Assessoria IPAR

4 visualizações0 comentário

Comments


Design sem nome (48).png
bottom of page